Resoluções de Ano Novo, o que pode correr mal?

Ano novo, vida nova, diz a expressão popular e é assim que é sentido por muitos. Um momento de renovação, de um inicio, uma nova oportunidade de começar em branco. Uma oportunidade de fazer melhor, ser maior. A possibilidade de mostrar que se é capaz de mudar a vida para melhor, de ter um impacto no mundo e muda-lo. Ser mais feliz. Só de pensar no assunto começa a emergir uma nova energia.

Para realizar este momento tão rico de novas possibilidades, nada melhor do que fazer um conjunto de resoluções, ou objetivos, para o ano novo. Imediatamente surge uma lista de ideias, mudanças, oportunidades, novos hábitos a adquirir, ou velhos hábitos a perder. Agora é que é. Com a lista terminada a energia chegou definitivamente. Até parece já ter atingido os novos objetivos, tal a crença no novo caminho a trilhar e no seu sucesso. É uma sensação ótima e a ainda está no dia 31 de Dezembro.

Com este entusiasmo, o que poderá correr mal? Só uma coisa. O excesso de otimismo habitualmente condena estas intenções (e é do que se trata ainda neste momento, intenções) ao fracasso.

A investigação já identificou que se é demasiado otimista ao planear as tarefas para fazer no futuro. Essa lista se fosse feita a pensar noutra pessoa, um amigo por exemplo, colocaria tanta coisa? Colocaria o deixar de fumar e a perda de peso ao mesmo tempo? E ainda as aulas de uma língua estrangeira? Penso que não. Acredito que seria mais modesto na exigência sobre o tempo e a capacidade do seu amigo, porque ao planear para os outros é-se mais conservador.

Esta dificuldade em ver bem os nossos limites no futuro, juntamente com um stock limitado de força de vontade, que é a energia que vai alimentar todo este novo esforço, leva à desistência da maioria dos nossos objetivos lá para os lados de Fevereiro. Como evitar esta situação?

Para começar seja mais modesto na lista. Após vários anos a tentar mudar tudo ao mesmo tempo sem resultados evidentes, proponho tentar algo diferente.

Não tente fazer mais de uma grande mudança de cada vez. Faça as várias mudanças sequencialmente, uma após a outra. Quando já não pensar em fumar será a altura correta para pensar em perder peso. Não antes. Esta é outra regra importante. Uma mudança só estará terminada quando deixar de ser um grande esforço. A necessidade de energia para manter uma mudança vai faltar para a mudança seguinte. Só deverá iniciar um novo desafio quando tiver a energia disponível para faze-lo.

Beneficie da motivação do objetivo anterior para o seguinte. O facto de ter tido sucesso na mudança anterior vai ajudá-lo a implementar a seguinte. Ao mesmo tempo, o desejo de avançar para outro objetivo vai motiva-lo a ser bem sucedido no atual.

Sempre que atingir um ponto importante recompense-se, mas de uma forma positiva. Não o faço com um retrocesso. Uma perda de peso não deve ser recompensada com uma jantarada.

Desta maneira poderá não ser tão entusiasmante no inicio como o processo tradicional, mas no final do ano será muito diferente dos outros anos porque irá celebrar os sucessos das resoluções realizadas.

Fale connosco.

Ultimas do nosso blogue:

Os Clientes Dizem a Verdade?

Os Clientes Dizem a Verdade?

Os clientes dizem sempre a verdade? Não. No início de uma relação comercial, antes de saberem até que ponto podem confiar no profissional à sua frente, os clientes defendem-se e muitas vezes omitem informação, ou, simplesmente, não dizem a verdade.

read more

Como Reage ao Não do seu Cliente?

Como Reage ao Não do seu Cliente?

Não, essa palavra tão temida por todos na área de vendas. Mas sabe o que significa? Será sempre definitivo e final? Quantas vezes o cliente disse-lhe que não a si para depois dizer sim a um colega? Se já lhe aconteceu, fique descansado que não é o único, nem é grave.

read more

Ser ou não ser empresário, eis a questão.

Ser ou não ser empresário, eis a questão.

Na minha atividade profissional já me deparei várias vezes com potenciais empresários nesta situação. Pretendem iniciar um negócio, mas não sabem qual, têm pouca noção do “como fazer” e o “porquê de avançar” é simplesmente o desejo de serem empresários.

read more

O otimismo é sempre bom?

O otimismo é sempre bom?

Quando o negócio arrancar vai estar logo acima do break-even. Uau! Que maravilha. Mas será esta uma previsão realista?

read more

Próximas Formações:

Formação Competências de Coaching

Formação Competências de Coaching Descubra como ajudar os outros a irem mais longe com o seu apoio. INSCRIÇÃO O que esta formação pode fazer por si Esta formação pretende dar as ferramentas de base para poder ter uma conversa, usando os princípios do coaching, com o...

read more

Contactos:

Rua Dom Jerónimo Osório nº1 r/c
8000-143 Faro

Tel: +351 917 556 176

email: contacto@veiculodeideias.pt

Este site utiliza cookies. Ao continuar a navegar pelo site, está a concordar com a nossa utilização de cookies. Saiba mais aqui.

[efb_likebox fanpage_url="veiculodeideias" box_width="350" box_height="" locale="pt_PT" responsive="1" show_faces="1" show_stream="0" hide_cover="0" small_header="0" hide_cta="0" animate_effect="fadeIn" ]
Share This